quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Campanha em Belém do São Francisco chega a sua reta final


A campanha política em Belém do São Francisco está em sua fase de "reta final" sem que os três candidatos realizem os chamados "grandes eventos", até o presente as chamadas palestras, que não passam de pequenos comícios, tem levado gente aos diversos bairros da cidade e zona rural do município.

Cohab, Ipsep, Emec, Belo Horizonte, Inocop e Alto da Bela Vista já foram visitados pelas coligações de Roberval Aquiar e também de Licínio Lustosa, enquanto isso, a candidata Socorro Batista tem transformado sua campanha em visitas casa a casa e uma palestra na beira do rio (orla fluvial).

O eleitor está a espera dos comícios que irão encerrar as campanhas dos três candidatos, já se sabe que o último comício de cada candidato será realizado em locais como avenida Jerônimo Pires, Antônio Teodósio e provavelmente beira do rio, espera-se que as coligações divulguem nos próximos dias suas agendas para esse tão esperado encerramento.

Outra expectativa é com relação as pesquisas, a coligação do Licínio divulgou faz muitos dias, logo no começo da campanha propriamente dita, uma pesquisa mostrando seu favoritismo sobre o candidato Roberval Aguiar que apareceu em segundo lugar com Socorro Batista em terceiro.

Muitos se perguntam porque a coligação de Licínio não realizou outra pesquisa e o grupo de Roberval ainda não mostrou nenhuma.

Com relação a esse fato, os boatos são os mais diversificados, há quem diga que Roberval não tem pesquisa e que somente fará dias antes da eleições, outros dizem que Licínio realizou mais uma pesquisa e que não tem interesse em mostrar o resultado, isso porque sofreu uma considerável queda em seus percentuais não sendo mais o favorito e que, a eleição se mostra apertada, o vencedor não teria mais de 800 votos de vantagem no final da apuração dos votos válidos, só resta esperar pra ver.
(Escrito por Izaurino Brasil - jornalista/radialista DRT-PE 385)

sábado, 17 de setembro de 2016

Agências do HSBC vão virar Bradesco em outubro


Os clientes do HSBC vão migrar definitivamente para o Bradesco no próximo dia 10 de outubro, apurou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Na próxima semana, o banco enviará um lote de correspondência aos 5 milhões de clientes do banco inglês com informações para acesso via internet banking, celular, caixas eletrônicos e cartão de débito, fora o de crédito que será encaminhado na sequência.

A mudança de marca das 851 agências do HSBC para Bradesco, conforme fonte, ocorrerá entre 8 e 9 de outubro. O mesmo vale para os 4.400 caixas eletrônicos e 4.250 postos de atendimento em empresas.

O braço do banco de investimento Bradesco, o BBI, já ocupa a antiga sede do HSBC, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, e não mais a avenida Paulista, como antes, diz uma fonte. O Bradesco deve passar a contabilizar os números do HSBC em suas demonstrações financeiras a partir do terceiro trimestre.

O HSBC Brasil é a maior aquisição da história do Bradesco. Custou R$ 16 bilhões e agregou cerca de R$ 175 bilhões em ativos ao banco, aproximando a instituição de seu principal rival, o Itaú. Desde 1943, o Bradesco fez 48 aquisições entre bancos, financeiras e seguradoras.

Após adquirir o HSBC, porém, ficou proibido, como parte do acordo que fez para obter o aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), concedido em junho último, de comprar qualquer instituição financeira que atue no Brasil no prazo de 30 meses.
(As informações são do jornal O Estado de S. Paulo).

Se for condenado Lula poderá pegar 35 anos de prisão

 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente da empreiteira OAS Léo Pinheiro estão sujeitos a penas de mais de 30 anos de cadeia caso o juiz da Operação Lava-Jato no Paraná, Sérgio Moro, atenda exatamente a todos os pedidos de condenação feitos pelo Ministério Público no caso do triplex.
 
Levantamento do Correio, com base na denúncia, na legislação e na experiência de juízes, procuradores e professores de direito penal consultados, aponta que os dois serão os mais afetados por uma eventual condenação do magistrado.
 
Para Lula, a pena mínima seria de 35 anos e 4 meses de cadeia, mais multa, além de pagamento de R$ 87,6 milhões por danos causados, valores destinados à Petrobras. Ele foi acusado de sete atos de corrupção passiva qualificada e majorada e 64 de lavagem de dinheiro. Em caso de condenação às penas máximas, o que é raro, segundo fontes ouvidas pelo jornal, a punição subiria para até 125 anos, 9 meses e 10 dias.
 
Para o empreiteiro e ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, a pena mínima seria de 40 anos e 8 meses de cadeia, mais multa e pagamento de ressarcimento de danos de R$ 58 milhões à Petrobras — montante que deveria quitar conjuntamente com o ex-diretor da construtora Agenor Franklin de Medeiros.
 
Léo foi denunciado por nove atos de corrupção ativa e 64 de lavagem de dinheiro. Se for punido no grau máximo da lei, as penas subiriam para 221 anos, 9 meses e 10 dias de cadeia. A esposa do ex-presidente, Marisa Letícia Lula da Silva, está sujeita a penas de 12 a 50 anos de prisão. O amigo e presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, de 4 a 27 anos. A denúncia atinge mais três funcionários da OAS: Paulo Gordilho, Fábio Yonamine e Roberto Moreira.
 
O juiz Sérgio Moro deve receber ou rejeitar a denúncia na semana que vem, depois serão marcados depoimentos de testemunhas e réus. A seguir, a acusação e a defesa escrevem as alegações finais. O magistrado dará sua sentença, absolvendo ou condenando os réus. No segundo caso, ele deve considerar uma série de fatores, explica coordenador do curso de direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV) no Rio de Janeiro, Thiago Bottino.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Ex-presidenta Dilma deixa o palácio da Alvorada rumo a Porto Alegre

A ex-presidente Dilma Roussef deixou o palácio da Alvorada as 15h:30min desta tarde rumo a Porto Alegre.

Em frente ao Alvorada Dilma desceu do carro oficial que a conduzia a base mimlitar de Brasília para cumprimentar e se despedir de alguns militantes do PT e integrantes de movimentos sociais que foram se despedir da ex-presidente.
Logo cedo da manha dois caminhões baú encostaram na residencia oficial da presidência para levar os pertences dela para um apartamento e um depósito que ela alugou na capital gaúcha para guarda-los.

Faltam menos de 30 dias para as eleições e candidatos aceleram suas campanhas, em Belém do São Francisco somente dois grandes eventos aconteceram até hoje

A campanha política em Belém do São Francisco vai caminhando a passos lentos, bem diferente das campanhas passadas, por exemplo, as duas últimas quando se teve a eleição e em seguida a reeleição do atual prefeito Gustavo Caribé que hoje tem como candidatos Roberval Aguiar (prefeito) e Cristiano Marcula (vice-prefeito).

Além das visitas as comunidades os três candidatos, Roberval Aguiar, Licínio Lustosa e Socorro Batista já realizaram outros movimentos, como visitas a feira livre nas manhas do sábado.

Roberval Aguiar e Cristiano Marcula chegaram a realizar uma carreata seguida de um comício na Avenida Antônio Teodósio, já Licínio Lustosa e Rômulo Roriz fizeram uma caminhada pelas ruas da cidade culminando com um comício na mesma avenida.

A carreata de Roberval fala-se que teve cerca de 345 carros e mais de 150 motos, há quem conteste e fale algo em torno de 260 carros e 100 motos, a caminhada de Licínio falou-se em mais de 5.000 pessoas, também há quem conteste os números e diga que somente umas 3.000 pessoas participaram.

Quanto aos dois comícios tanto de um lado quanto do outro os números divergem, dizem que o de Roberval tinha mais que o de Licínio, e vice-versa, que o de Licínio teve mais que o de Roberval, são coisas da política. (Escrito por Izaurino Brasil-DRT-385-PE)

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Projeto de Lei do deputado federal Kaio Maniçoba beneficia Araripina com a Universidade Federal do Araripe


PROJETO DE LEI Nº , DE 2016 (Do Sr. Kaio Maniçoba) Autoriza o Poder Executivo a instituir a Universidade Federal do Araripe.
O Congresso Nacional decreta:
Art. 1º Fica o Poder Executivo autorizado a instituir a Fundação Universidade Federal do Araripe, vinculada ao Ministério da Educação, com sede na cidade de Araripina, no Estado de Pernambuco. Parágrafo único.
A Fundação Universidade Federal do Araripe terá por objetivo ministrar ensino superior, desenvolver pesquisa nas diversas áreas do conhecimento e promover a extensão universitária, caracterizando sua inserção regional mediante atuação multicampi nos municípios das mesorregiões do Sertão Pernambucano, no Estado de Pernambuco, do Sul Cearense, no Estado do Ceará, e do Sudeste Piauiense, no Estado do Piauí.
Art. 2o A Fundação Universidade Federal do Araripe adquirirá personalidade jurídica a partir da inscrição de seu ato constitutivo no registro civil das pessoas jurídicas, do qual será parte integrante seu estatuto aprovado pela autoridade competente.
Art. 3o O patrimônio da Fundação Universidade Federal do Araripe será constituído pelos bens e direitos que venha a adquirir, incluindo os bens que lhe venham a ser doados pela União, Estados, Municípios e por outras entidades públicas e particulares. 2 Parágrafo único. A Fundação Universidade Federal do Araripe só receberá em doação bens livres e desembaraçados de quaisquer ônus, inclusive dos decorrentes de demandas judiciais.

Art. 4o Fica o Poder Executivo autorizado a transferir para a Fundação Universidade Federal do Araripe os bens imóveis integrantes do patrimônio da União, localizados nos municípios inseridos nas mesorregiões de atuação previstas no parágrafo único do art. 1º, e considerados necessários ao funcionamento da nova universidade.
Art. 5o Os recursos financeiros da Fundação Universidade Federal do Araripe serão provenientes de: I – dotação consignada no orçamento da União; II – auxílios e subvenções que lhe venham a ser concedidos por quaisquer entidades públicas ou particulares; III – remuneração por serviços prestados a entidades públicas ou particulares; IV – operações de créditos e juros bancários; V – receitas eventuais. Parágrafo único. A implantação da Fundação Universidade Federal do Araripe fica sujeita à existência de dotação específica no orçamento da União.
Art. 6 o Na fase de transição para sua implantação, a Fundação Universidade Federal do Araripe poderá contar com a colaboração de pessoal docente e técnico-administrativo, em caráter de cessão ou empréstimo por parte de governos municipais e estaduais.
Art. 7 o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
JUSTIFICAÇÃO
O presente projeto de lei tem por objetivo estimular o processo de interiorização das oportunidades de acesso à educação superior 3 de qualidade oferecida pela rede federal de ensino.
O Sertão Pernambucano, o Sul Cearense e o Sudeste Piauiense constituem área de rincões profundos do Brasil cujo desenvolvimento requer, com toda certeza, a existência de possibilidades para que seus jovens frequentem cursos superiores que lhes forneçam formação profissional de elevado padrão.
A nova universidade ora proposta beneficiará 41 municípios pernambucanos, onde vivem mais de 1 milhão de pessoas; 25 municípios cearenses, com quase 900 mil habitantes; e 66 municípios piauienses, com população superior a 500 mil.
É verdade que, no sul do Ceará, já se encontra em funcionamento a Universidade Federal do Cariri, criada em 2013, por desmembramento da Universidade Federal do Ceará. Mas, como já demonstrado, a imensidão da região, reunindo três estados da Federação, a dimensão da população atendida e a possibilidade de complementaridade de atuação no ensino, na pesquisa e na extensão recomendam a existência da universidade a que se refere o presente projeto de lei.
Há inclusive espaço para o surgimento de outras instituições, tal a magnitude das carências de oportunidades de formação superior de qualidade no interior nordestino.
Cumpre destacar que, recepcionando emenda de iniciativa deste Parlamentar, o Plano Plurianual da União para o período 2016- 2019, instituído pela Lei nº 13.249, de 2016, prevê a destinação de R$ 200 milhões para a instalação da Universidade Federal do Araripe.
Estou convencido de que esta proposição terá seu mérito reconhecido pelos ilustres Pares, assegurando o apoio necessário para sua aprovação.
Sala das Sessões, em 17 de fevereiro de 2016.
Deputado KAIO MANIÇOBA

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Avicultura muda vida de agricultores de Vila de Pau Santo em Caruaru


Os agricultores familiares da Vila de Pau Santo, em Caruaru, comemoram a virada alcançada com a implantação de uma agroindústria para criação, beneficiamento e comercialização de galinha de caipira. O projeto conta com o incentivo do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA).

De acordo com a Associação da Comunidade Pau Santo, para se ter uma ideia do sucesso, o número de criadores saiu de dois para 79. Segundo a Associação, a produção mensal chega a 35 mil quilos.

O produto tem venda garantida para os programas de Aquisição de Alimentos (PAA) e Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Apenas para o PNAE, as vendas somam R$ 800 mil reais anuais, sendo 80% vindos das aves.

“A iniciativa impulsionou a geração de renda, transformando a realidade dessa comunidade, que sobrevivia de plantio de hortaliças e pequenas criações”, explica o extensionista do IPA, Fabio Cesar.

Nesse sentido, o IPA promoveu capacitações e prestou serviço de assistência técnica, viabilizando a elaboração de projetos para obtenção de credito rural. “O IPA nos apoia, promovendo cursos e viabilizando a nossa participação nas políticas públicas.

Além disso, intermedia a negociação com os governos municipal, estadual e federal”, afirma Daniel Severino da Silva, presidente da Associação Comunitária de Pau Santo.

O trabalho do IPA também contribuiu para ampliar as instalações, culminando com a construção de um abatedouro. Isso possibilitou a criação da agroindústria e a melhoria de vida. “Hoje você vê as pessoas com carro, moto, comprando ou ajeitando as casas”, conta Silva.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Serro Azul: Barragem terá nome de Eduardo Campos

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, em Palmares, na Mata Sul do Estado.
 
 
Na manhã desta terça-feira (30), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, por unanimidade, o parecer do deputado estadual Romário Dias (PSD) favorável a que a Barragem de Serro Azul passe a se chamar Governador Eduardo Henrique de Accioly Campos.“Essa barragem é importantíssima e vem para melhorar o abastecimento de água em parte da Região Metropolitana, como no Recife e Cabo de Santo Agostinho.
 
Eduardo Campos deu muita ênfase, em seu governo, para que o reservatório fosse construído e chegasse à sua conclusão. É mais que justa essa homenagem”, explicou Dias.
 
Após a aprovação na CCJ, o Projeto de Lei Nº 962/2016, que determina a denominação da Barragem de Serro Azul, segue para a análise em mais duas comissões da Alepe: Administração Pública e Educação e Cultura. A proposta é de autoria do deputado estadual Lucas Ramos (PSB).

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Guia eleitoral estréia hoje com tempo mais curto

 
A partir de hoje, em dois horários, os candidatos a prefeito do Recife vão passar a contar com um importante reforço para conquistar o eleitorado. Na avaliação dos concorrentes, é a partir do guia eleitoral de rádio e TV que as pessoas passam a se interessar pela eleição. Neste ano, por conta da reforma eleitoral, o tempo para “vender” a imagem ficou mais enxuto - serão apenas 10 minutos (na rádio, das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10; na TV, das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40).

Além disso, os prefeituráveis terão que lidar com reformulações do conteúdo das peças publicitárias. Agora, o horário será praticamente destinado ao candidato majoritário.

Ontem, alguns candidatos preferiram não falar sobre o primeiro programa que será exibido na TV. O candidato do PT, o ex-prefeito João Paulo, é um exemplo. Segundo sua assessoria, a tática da coordenação da campanha do petista é de não adiantar nada sobre o guia.

Na campanha de reeleição de Geraldo Julio (PSB), o segredo também faz parte da estratégia. A única informação liberada foi de que o programa irá mostrar uma biografia do socialista e as principais ações realizadas por ele na prefeitura em três e oito meses de governo. O governador Paulo Câmara (PSB) deverá aparecer no programa, assim como imagens do ex-governador Eduardo Campos, responsável pela iniciação de Geraldo na política

Já o candidato do PSDB, Daniel Coelho, antecipou a tendência que irá seguir não apenas no guia eleitoral, mas durante toda a eleição. “Faremos uma campanha com diagnósticos dos problemas da cidade, posicionamento político e propostas com soluções para os problemas”, definiu o tucano.

A candidata do DEM, Priscila Krause, fez diferente. Ela antecipou seu primeiro programa no guia eleitoral ontem, por volta das 17h30, nas redes sociais. Na peça, a democrata reconhece a limitação de tempo, mas se apresenta como conhecida ao eleitorado recifense.

Edilson Silva, do PSol, disse que sua imagem já é conhecida por um segmento da sociedade, que precisa saber que ele é candidato.

Com apenas 17 segundos, Carlos Augusto Costa (PV) também vai apostar na receita de outros concorrentes, chamando atenção para as suas redes sociais, onde poderá aprofundar suas propostas para o Recife.


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Na véspera da votação do impeachment, Temer recebe senadores


Na semana em que o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff entra em sua fase final no plenário do Senado, o presidente em exercício Michel Temer dedicou a maior parte da agenda para receber senadores – foram oito em dois dias. Oficialmente, o Palácio do Planalto diz que o objetivo é ajustar a agenda de votações no Congresso, mas nos bastidores há um esforço para consolidar o placar do processo de impeachment. O governo espera ter entre 60 e 63 votos.

O Planalto ainda espera contar com o voto do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que tem evitado se posicionar sobre o tema. Em mais um aceno de proximidade com Renan, Temer o convidou para ir à China na comitiva brasileira, após a votação no Senado.

O Planalto investe até em quem já anunciou que vota em Dilma, como o senador Telmário Mota (PDT-RR), que foi procurado por aliados de Temer. Um interlocutor direto do presidente disse que “onde for identificado algum sinal de possibilidade de apoio” haverá investida.

Muro – O alambrado para dividir manifestantes pró e contra o impeachment começou a ser reconstruído na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. A exemplo do que ocorreu nas etapas anteriores do processo, o muro tomará toda a extensão da via. A previsão é de que os grupos contra e pró-afastamento comecem a chegar a Brasília no domingo. (jornal O Estado de S. Paulo).

Forte terremoto atinge região central da Itália e deixa ao menos 38 mortos

Um forte terremoto de magnitude 6,2 atingiu o centro da Itália na madrugada desta quarta-feira (24) – horário local. O impacto foi maior perto de Perugia, região localizada a menos de 200 km de Roma, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), organismo que registra os tremores em todo mundo.

A Defesa Civil informou à Reuters que ao menos 38 pessoas morreram, e agências internacionais falam em mais de 100 desaparecidos. O Itamaraty informou que não há registro de brasileiros entre as vítimas.

A porta-voz da Defesa Civil, Immacolata Postiglione, afirmou que 27 pessoas morreram entre as cidades de Accumoli e Amatrice, e outras 10 em Arquata. O local da morte da 38ª vítima não foi informado.

Cidades mais afetadas – Os municípios de Amatrice, de 2 mil habitantes; Accumoli, de 700 habitantes; e Norcia, de 4 mil habitantes, sofreram os maiores danos, informaram autoridades.

“A metade da cidade já não existe. As pessoas estão sob os escombros”, afirmou o prefeito de Amatrice, na província de Rieti, Sergio Perozzi, à emissora privada “Sky”. “Os danos são numerosos”, afirmou o prefeito de Norcia, Nicola Alemanno.

Ao menos seis pessoas morreram em Accumoli, segundo o prefeito da cidade, Stefano Petrucci. “Quatro pessoas estão sob escombros. Elas não estão mostrando sinal de vida. São pais e dois filhos”, disse Petrucci à RAI.

O tremor foi sentido por 20 segundos na capital, Roma, e também no Vaticano. O terremoto ocorreu a apenas 10 km da superfície e a 76 km a sudeste de Perugia, às 3h36 do horário local – 22h36 desta terça, no horário de Brasília. Minutos depois, outro tremor, de magnitude 4,6, sacudiu Rieti, na mesma região.

Réplicas – O terremoto principal foi seguido por um outro, de magnitude 3,9, às 3h41, perto de Norcia, na província de Perugia, com epicentro a 7 km de profundidade.

Ao menos 39 tremores de magnitude 3 e várias réplicas foram registrados no centro da Itália depois do forte terremoto desta madrugada, informou o Instituto Italiano de Geofísica, de acordo com a EFE.

Um porta-voz do primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, afirmou que o governo monitora a situação, mas ainda não deu mais informações sobre o tremor.

Em nota, o governo brasileiro expressou sua solidariedade aos familiares das vítimas e ao governo da Itália. A Embaixada e o Consulado-Geral brasileiros em Roma estão monitorando a situação.

sábado, 20 de agosto de 2016

Candidatos a prefeito de São José do Egito restrigem uso de carros de som nas campanhas

 
A Frente Popular de São José do Egito (PSB, PSDB, PDT, DEM, REDE, SD, PSD, PC do B, PTN e PPS) informa à imprensa e população de uma forma geral como será nossa campanha eleitoral neste ano.

1 – Em respeito às regras eleitorais e em especial aos reclames da população, informa que irá restringir o uso de carros de som e fogos de artifício, e está buscando junto à justiça um acordo para disciplinar o uso dos mesmos.

2- Nosso principal objetivo nessa eleição será ouvir o povo e buscar soluções aos problemas que a atual gestão criou. Com este objetivo iremos implantar a AGENDA 40- UM COMPROMISSO COM SÃO JOSÉ.
 
Que será uma agenda de mais de uma centena de micro reuniões, onde a população será ouvida e terá a possibilidade de junto com os candidatos debaterem as soluções coletivas para as suas comunidades e firmarem um compromisso de uma gestão participativa.

3-Por fim, buscando ouvir a população, suas demandas e reclames, informa que não terá como prioridade eventos (festas) que não representam o anseios da população em ter respostas aos problemas que a atingem.

Atenciosamente, vamos juntos por São José !!!
Frente Popular de São José do Egito

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Tem início nesta terça-feira 16 a propaganda eleitoral

Nesta terça-feira 16, tem início em todo território nacional a propaganda eleitoral para as eleições municipais.

Até o dia 1º de outubro, os candidatos a prefeito e a vereador estão autorizados a fazer campanha para as eleições 2016, mas devem ficar atentos às restrições impostas pela legislação eleitoral.

As regras para a propaganda em 2016 estão dispostas na Resolução TSE nº 23.457/2015, que também trata do horário gratuito no rádio e na TV e das condutas ilícitas na campanha. As punições para quem cometer irregularidades vão de multa até detenção.

Internet

É permitido fazer propaganda eleitoral na internet em sites do candidato, do partido ou coligação e por meio de mensagem eletrônica para endereços cadastrados gratuitamente por eles mesmos.

O uso de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados também está autorizado. Sob qualquer forma, é vedada a propaganda paga na internet.

Som

O uso de alto-falantes ou amplificadores de som em veículos e sedes de partidos ou coligações é liberado das 8 horas às 22 horas.

A circulação de carros de som e minitrios, como meio de propaganda eleitoral, devem observar o limite de 80 decibéis de nível de pressão sonora.

Os comícios são permitidos das 8h à meia-noite, mas a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) proíbe a realização de showmício e de evento assemelhado para promover candidatos, assim como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral.

Rádio e TV

A propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começa dia 26 de agosto. A propaganda partidária não será veiculada no segundo semestre.

Jornais e revistas

Os candidatos estão autorizados a fazer anúncios pagos na imprensa escrita, com a respectiva reprodução na internet, de até 10 anúncios de propaganda eleitoral em datas diversas, por veículo, no espaço máximo por edição, para cada candidato, partido ou coligação, de 1/8 de página de jornal padrão e 1/4 de página de revista ou tabloide.

Bens públicos e particulares

É vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta, colocação de placas, faixas, estandartes, cavaletes, bonecos e peças afins em bens em que o uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam. A proibição se estende aos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos.

Mesas para distribuição de material e bandeiras ao longo das vias públicas devem ser móveis e não podem dificultar o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos - a colocação e a retirada dos meios de propaganda devem ocorrer entre as 6h e as 22 horas.

Já a propaganda em bens particulares pode ser feita somente em adesivo ou papel, com dimensão máxima de meio metro quadrado. Nos carros, são permitidos adesivos microperfurados até a extensão total do para-brisa e, em outras posições, adesivos até a dimensão de 50cm x 40cm.

Folhetos e outros materiais

A propaganda eleitoral por meio de folhetos, adesivos, volantes e outros impressos deve ser editada sob a responsabilidade do partido, coligação ou candidato, e deve trazer o CNPJ ou o CPF do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem.

Brindes, camisetas, chaveiros, bonés, canetas, cestas básicas ou qualquer outro bem ou material que possa proporcionar vantagem ao eleitor são proibidos pela legislação eleitoral.

domingo, 14 de agosto de 2016

FELIZ DIA DOS PAIS

Neste domingo 14 de agosto o JORNAL GAZZETA DO SERTÃO quer abraçar todos os pais desejando-lhes um feliz dia.


Ser pai é uma dádiva de Deus, ser pai é cuidar do seu filho com muito amor e dividir com ele as horas alegres ou até mesmo tristes da vida, ser pai, é antes de tudo saber compreender o filho amado, e ser filho, é por toda a vida ser dedicado ao pai, respeita-lo, escutar os seus conselhos e fazer do pai um amigo inseparável, dividir com ele o amor, o carinho, a vida.

Ser pai é ser herói para o filho, é ser aquele que o filho sempre conta ter por perto nas horas mais precisas da vida, ou seja, todas as horas, ser filho é sempre agradecer a Deus a graça de ter o pai, um pai amigo.

O JORNAL GAZZETA DO SERTÃO se congratula com todos os pais e pede a Deus que esteja sempre protegendo a todos.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Propaganda eleitoral começa na próxima terça-feira dia 15 de agosto


Na próxima terça-feira, tem início a propaganda eleitoral. Até o dia 1º de outubro, os candidatos a prefeito e a vereador estão autorizados a fazer campanha para as eleições 2016, mas devem ficar atentos às restrições impostas pela legislação eleitoral.

As regras para a propaganda em 2016 estão dispostas na Resolução TSE nº 23.457/2015, que também trata do horário gratuito no rádio e na TV e das condutas ilícitas na campanha. As punições para quem cometer irregularidades vão de multa até detenção.

Internet

É permitido fazer propaganda eleitoral na internet em sites do candidato, do partido ou coligação e por meio de mensagem eletrônica para endereços cadastrados gratuitamente por eles mesmos.

O uso de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados também está autorizado. Sob qualquer forma, é vedada a propaganda paga na internet.

Som

O uso de alto-falantes ou amplificadores de som em veículos e sedes de partidos ou coligações é liberado das 8 horas às 22 horas.

A circulação de carros de som e minitrios, como meio de propaganda eleitoral, devem observar o limite de 80 decibéis de nível de pressão sonora.

Os comícios são permitidos das 8h à meia-noite, mas a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) proíbe a realização de showmício e de evento assemelhado para promover candidatos, assim como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral.

Rádio e TV

A propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começa dia 26 de agosto. A propaganda partidária não será veiculada no segundo semestre.

Jornais e revistas

Os candidatos estão autorizados a fazer anúncios pagos na imprensa escrita, com a respectiva reprodução na internet, de até 10 anúncios de propaganda eleitoral em datas diversas, por veículo, no espaço máximo por edição, para cada candidato, partido ou coligação, de 1/8 de página de jornal padrão e 1/4 de página de revista ou tabloide.

Bens públicos e particulares

É vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta, colocação de placas, faixas, estandartes, cavaletes, bonecos e peças afins em bens em que o uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam. A proibição se estende aos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos.

Mesas para distribuição de material e bandeiras ao longo das vias públicas devem ser móveis e não podem dificultar o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos - a colocação e a retirada dos meios de propaganda devem ocorrer entre as 6h e as 22 horas.

Já a propaganda em bens particulares pode ser feita somente em adesivo ou papel, com dimensão máxima de meio metro quadrado. Nos carros, são permitidos adesivos microperfurados até a extensão total do para-brisa e, em outras posições, adesivos até a dimensão de 50cm x 40cm.

Folhetos e outros materiais

A propaganda eleitoral por meio de folhetos, adesivos, volantes e outros impressos deve ser editada sob a responsabilidade do partido, coligação ou candidato, e deve trazer o CNPJ ou o CPF do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem. Brindes, camisetas, chaveiros, bonés, canetas, cestas básicas ou qualquer outro bem ou material que possa proporcionar vantagem ao eleitor são vedados pela legislação eleitoral.